Educação

Gestores e professores planejam recuperação da aprendizagem em Mato Grosso

Equipes gestoras e professores de todas as escolas da rede estadual de Mato Grosso realizam, entre os dias 1º e 5 de fevereiro, a Semana Pedagógica. O objetivo é fazer o planejamento de ações para o ano letivo de 2021, tendo como um dos principais desafios a recuperação da aprendizagem dos estudantes, afetada pelas limitações impostas pela pandemia da Covid-19.

Durante cinco dias, corpo docente, coordenadores pedagógicos e diretores vão analisar as unidades escolares, considerando a identidade única de cada uma delas, as realidades diferenciadas e a autonomia. As aulas na rede estadual serão retomadas no dia 8 de fevereiro, na modalidade não presencial (on-line ou por meio de apostilas).

“Nosso maior desafio este ano é recuperar a aprendizagem dos nossos estudantes, que sofreu grande impacto com a pandemia. Uma avaliação nos mostrou onde estão os maiores problemas, que vamos atacar de frente. A semana pedagógica é mais um passo no planejamento das nossas ações para melhorar a qualidade do ensino público”, destaca o secretário de Estado de Educação, Alan Porto.

A superintendente de Políticas de Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Maria Teresinha Fin, afirma que este será o momento em que a escola vai se organizar e elencar as principais ações. “É o momento em que o foco maior é a superação dos desafios da aprendizagem”.

A equipe gestora e os professos deverão levar em consideração o que foi vivenciado em 2020, considerando que a aprendizagem conectada se mostrou insuficiente para ajudar nas aulas não presenciais, colocadas em prática durante a pandemia da Covid-19.

No intuito de auxiliar na retomada das atividades pedagógicas neste ano, foram enviados às escolas os painéis dos resultados da Avaliação Diagnóstica/2020 aplicada aos estudantes para verificar como estava o aprendizado. “Os professores terão acesso às avaliações e vão elaborar o plano de intervenção. Com esses resultados em mãos, os professores estarão cientes sobre o que o estudante está precisando, quais suas dificuldades”, explicou a superintendente.

Esses dados e demais informações sobre como proceder na Semana Pedagógica constam do Orientativo Pedagógico, documento disponibilizado pela Seduc às escolas, assessorias pedagógicas e Diretorias Regionais de Ensino de Mato Grosso (DREs)/Cefapros para estruturação das atividades pedagógicas a serem realizadas com a comunidade escolar.

A Seduc também reforça a adoção do continuum curricular de dois anos, a partir da fusão dos anos letivos de 2020 e 2021, que compreende a reorganização do calendário escolar em todas as escolas, garantindo habilidades e objetivos de aprendizagem essenciais não alcançados pelos estudantes no ano letivo de 2020 e previstos para o ano letivo de 2021.

Além disso, as escolas têm que revisitar o Projeto Político Pedagógico (PPP) 2020 para identificar o que pode ser atualizado, priorizar as necessidades e os projetos, avaliando as possibilidades de execução em 2021 e traçando novas metas possíveis de serem realizadas, dentro da situação atual.

Redação Só Notícias (foto: Michel Alvim/assessoria/arquivo)