Educação

Sinop: pais e alunos ‘acampam’ em frente de escola estadual e diretora diz que não faltarão vagas

Começou hoje o prazo para matrículas na rede estadual de ensino para alunos oriundos da rede municipal em Sinop e para o 1º ano do ensino médio. Na escola Nilza de Oliveira Pipino, desde sexta-feira, pais passaram a ficar nas filas, alguns levaram barracas e cadeiras, formando um ‘acampamento’. Eles temem não conseguir vagas para os filhos.

No final de semana, houve a necessidade dos portões da escola serem abertos para ‘acomodar’ quem estava aguardando. A diretora da escola, Cleusa Mara Ost, afirma que todos serão atendidos e que não há possibilidade de faltar vagas. “Não há a necessidade dos pais acamparem pois os alunos não ficarão sem vagas, sem estudar. A organização deles em formarem filas, é em decorrência da preferência por determinado turno. A maioria quer matricular os filhos no matutino e muitas vezes não há como suprirmos toda a demanda. Por esse motivo eles formam as filas, para conseguir a matrícula no período da manhã. No final, ninguém ficará sem a vaga”, enfatizou, ao Só Notícias.

Ainda de acordo com a diretora “há todo um planejamento junto com a assessoria pedagógica para conseguirmos atender a demanda. Passamos listas nas escolas municipais antes, depois basta os pais virem confirmar a matrícula”. “Essa grande aglomeração acaba causando certos tumultos. Precisamos abrir os portões, aí pessoas com outros planos acabam entrando na escola, até mexendo nas salas”, destacou.

De acordo com Cleusa, após esforços da diretoria 10 novas turmas serão formadas, sendo cinco em cada turno. “Pela manhã atendemos o 1º, 2º e 3º anos do ensino médio, e à tarde, além destes ainda temos turma de 9º ano. Para 2020 conseguimos cinco novas salas de aula, então também aumentam as turmas”. “O maior causador da fila foram as matrículas para o 1º ano matutino, onde disponibilizamos cerca de 200 vagas”, expôs.

A escola Nilza -uma das maiores de Sinop- ainda conta com uma extensão, que funciona no Centro de Educação de Jovens e Adultos Benedito Santana da Silva Freire. “Temos 12 salas atendendo no Ceja, no período matutino. Lá ficam somente os alunos dos 7º e 8º anos”, completou a diretora.

Agora, o prazo para as matriculas segue até o dia 21. A partir do dia 27, inicia o período para alunos oriundos de escolas particulares, ou de outras cidades. Serão disponibilizadas vagas para todas as séries e períodos. Já o ano letivo, está previsto para começar em 23 de março.

 

Só Notícias/Luan Cordeiro (fotos: divulgação)