Educação

Aulas presencias na rede estadual só voltam com liberação das organizações de saúde, garante secretária

Apesar de o Amazonas já ter retomado as aulas presenciais na rede pública e de os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Pará planejarem o retorno, em Mato Grosso ainda não há previsão. De acordo com a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, a volta das crianças para dentro da sala de aulas só será permitida quando houver liberação dos órgãos internacionais de saúde e da secretaria estadual de Saúde. Por enquanto, os alunos continuam estudando em plataforma on line ou por material impresso distribuído pela Seduc. São mais de 300 mil estudantes na rede estadual.

“O Estado de Mato Grosso só vai retomar as aulas quando tivermos um parecer da Organização Mundial da Saúde e da equipe técnica da Secretaria Estadual de Saúde dizendo que é o momento de retomar. É preciso ter muito zelo e muito cuidado com a vida das crianças, porque, se para nós, adultos, e muito difícil ter o manuseio e uso da máscara, imagina para uma criança”, avaliou a secretária.

O último levantamento da Seduc, informou Marioneide, apontou que 53% dos alunos optaram por estudar on line na plataforma oferecida pela Seduc. Deste universo, 95% é ativo e faz as atividades diariamente. Os outros 47% dos alunos estudam de maneira off line, recebendo o material impresso. Neste caso, o acompanhamento e avaliação são mais difíceis, mas um novo apontamento deve ser realizado nos próximos dias.

Apesar das dificuldades com a falta de professores, que não podem ser contratados em período eleitoral, e de acesso dos alunos à internet, a secretária avaliou as atividades indiciais como satisfatórias.

“Nós temos que garantir o acesso do aluno à educação, e nós estamos fazendo isso. Paralelamente, estamos fazendo outros estudos de auxílio, para sabermos como resolver alguns problemas de tecnologia. Até então, eu não posso dizer que a avaliação é ótima, mas vai de regular a boa, que é uma avaliação para o início deste processo. Os desafios vêm, a gente vai enfrentando e melhorando a cada dia”, declarou.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: Tchelo Figueiredo/arquivo)