Economia

Sorriso diminui importações de produtos

A importação de produtos internacionais feitas por Sorriso totaliza, até maio, US$ 144,2 mil em negócios. Os dados são do ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior que aponta queda de 97,97% quando comparado com as importações feitas no mesmo período de 2008, quando o município totalizava US$ 7,1 milhões em importações.

De acordo com o levantamento, somente em maio foram US$ 9,2 mil na importação de produtos – o menor valor desde o início do ano. Em abril foram US$ 44,3 mil e, em fevereiro, outros US$ 90,7 mil. Em janeiro e em março não houve importações.

Só Notícias apurou que, do total movimentado neste ano, mais da metade corresponde ao setor de bens intermediários (insumos industriais), onde foram gastos US$ 90,7 mil. Com bens de capital (exceto equipamentos de transporte, uso industrial) foram US$ 40,7 mil e, com bens de consumo duráveis foram outros US$ 12,8 mil.

Os quatro principais produtos importados estão o milho para semeadura (US$ 90,7 mil); outras estruturas flutuantes (US$ 36 mil), artigos de laboratório ou de farmácia, de plástico (US$ 12,7 mil) e na parte de maquinários e aparatos para agricultura, horticultura, etc (US$ 2,5 mil).

Bolívia (US$ 90,7 mil), China (US$ 39,6), Reino Unido (US$ 12,7 mil) e Alemanha (US$ 1,1 mil) são os principais fornecedores.