Economia

SINE Sinop “busca” 766 funcionários para trabalhar em empresas com salários de até R$ 3,5 mil

O Sistema Nacional de Emprego tem disponível, hoje, 766 vagas de emprego, nas mais variadas aéreas, muitas não requerem experiência profissional e há também exclusivas para Pessoa com Deficiência. Entre as disponibilizadas, está de mecânico de motor, suspensão e freio, com salário de R$ 3,5 mil. É necessário ter o ensino médio completo e experiência.

Há também  duas para pedreiro e carpinteiro, com remuneração fixa de R$ 1,6 mil mais ganhos proporcionais a produção. Já para borracheiro, o salário é de R$ 2,5 mil e há um posto vago. Para técnico de segurança do trabalho há uma, com R$ 1,8 mil mais benefícios.

Outra oportunidade, sem exigência de experiência, é para auxiliar de produção/serviços gerais. A remuneração inicial é de R$ 1,7 mil, com pagamento quinzenal. Para cozinheiro também há vagas, com salário de R$ 1,8 mil, com necessidade de ensino médio completo, cursos na área ou experiência profissional. Para empregada doméstica há um posto, e o salário é de R$ 1,2 mil.

O SINE também está oferecendo vagas para auxiliar de linha de produção, sem experiência, com vencimentos iniciais de R$ 1 mil mais cesta básica. Para quem busca o primeiro emprego também há oportunidade como repositor de mercadorias, R$ 1 mil mais hora extra e metas.

Ainda são oferecidas oportunidades para entregador, montador de móveis, servente de pedreiro, operador de retroescavadeira, dentre outros. Também tem vagas para PCD, sendo quatro para vigilante, duas para auxiliar administrativo, e outras 10 para analisar currículos. É necessário apresentar laudo de comprovação da deficiência.

As vagas estão disponibilizadas no aplicativo Se Liga Sinop, onde os interessados enviam os currículos diretamente às empresas, que fazem as seleções e contatos para entrevistas. A plataforma automática permite que a pessoa se candidate para todas as vagas em que se enquadrar, aumentando as chances. Os atendimentos também são feitos no Ganha Tempo, na avenida das Acácias, das 8h às 18h.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)