Economia

Sinop: definidas as empresas que fornecerão equipamentos para creches com investimento de R$ 1,5 milhão

Cinco empresas de Juína, Cuiabá, Blumenau (SC), Paraná (PR) e Fortaleza (CE) foram consideradas vencedoras da licitação da prefeitura de Sinop, na modalidade pregão eletrônico, para aquisição de mobiliários e equipamentos para as creches dos bairros Sebastião de Matos e Jacarandás, além das demais unidades escolares. O certame é para atender às necessidades da secretaria municipal de Educação, Esporte e Cultura. O valor global do investimento previsto é de mais de R$ 1,5 milhão.

Consta no edital que são 45 itens de objetos como placas em tatame de EVA de encaixe, balanço, liquidificador, balança de prato, lixeira, geladeira, batedeira, aparelho de som, cadeiras, cadeira alta de alimentação para bebe, carros coletores de lixo, coifa industrial de exaustão, conjunto de lixeira coleta seletiva, esterilizador, colchonetes, mesa coletiva, mixer de alimentos, conjunto para professor entre outros.

Foram classificadas as que apresentarem critério de menor preço. Os produtos deverão ser entregues na secretaria de Educação no prazo de 15 dias, contados a partir da data de emissão da ordem de fornecimento.

Anteriormente, a secretária de Educação, Veridiana Paganotti, disse, ao Só Notícias, que os itens do edital são para compor o quantitativo de materiais que são solicitados pelo governo Federal quando se abrem creches. “Este processo licitatório engloba itens que, inclusive, já foram licitados em oportunidades anteriores, mas que não houve adesão e, consequentemente, a compra. Por ser um pregão eletrônico, este mesmo certame servirá para que a secretaria [de Educação] realize a compra de determinados itens por meio de recursos próprios, ou seja, dinheiro do IPTU. Colocamos uma quantidade a mais de itens para que o município possa comprá-los para outras unidades do município”.

Paganotti explicou ainda que as creches Jacarandás e Sebastião de Matos são novas. “É de obrigatoriedade do município adquirir estes itens listados para unidades que foram abertas. E também porque são itens que foram licitados, mas não houve a compra. A instituição, além do bairro Sebastião, atende a região circunvizinha do complexo habitacional das vilas, operando com capacidade máxima de, até, 600 vagas. Atendimento das crianças da faixa etária de 0 a 3 anos (creche 1, 2 e 3 e pré 1, 2 e 3)”.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Só Notícias/arquivo)