Economia

Sinop: ACES sorteia hoje caminhão de prêmios da campanha ‘Deu a Louca no Comércio’

A Associação Comercial e Empresarial de Sinop sorteará, logo mais às 17h, um caminhão com prêmios no encerramento da campanha Deu a Louca no Comércio, que iniciou no último dia 1º. Aproximadamente 140 empresas participaram da promoção, algumas com descontos de até 70%.

Na premiação estão TV 32 polegadas, roupeiro, cama casal, colchão casal, fogão, kit cozinha 6 portas, fruteira, mesa com 4 cadeiras, sanduicheira, liquidificador, multiprocessador, jogo de panelas, facas, jogo de utensílio, panela de pressão, jogo de jarra/copos, jogo de potes, jogo de café, garrafa térmica, caixa térmica, jogo de churrasco, painel, colcha de cama, mesa de cabeceira, ferro de passar e máquina de lavar.

Ainda haverá sorteios avulsos de uma bicicleta aro 20, ventilador, colcha de cama, panela elétrica e jogo de jantar, totalizando seis clientes que compraram nas lojas participantes sorteados pela campanha da entidade.

“A campanha foi positiva, nosso principal objetivo que era levar ao consumidor uma oportunidade de negócio com a segurança da saúde foi atingido, e queríamos trazer esse conforto para momento. Conseguimos levar a popular de maneira segura, vimos que o movimento foi bom e esse é um retrato de que a campanha tenha atingido seu êxito”, avaliou, ao Só Notícias, o presidente da ACES, Klayton Gonçalves.

O balanço final das vendas deve ser feito no decorrer da semana. “Vamos nos basear nos resultados da última edição, mas antemão a maioria dos empresários estão satisfeitos, porque o nosso objetivo era trazer a parte do público que não estava encorajado a sair para as compras na rua, e com esse formato conseguimos atingir”, destacou.

Klayton ainda salientou que, mesmo com melhor na situação, é importante que as medidas de proteção continuem sendo seguidas. “Não podemos esquecer de maneira alguma e descuidar. Na próxima semana vamos trabalhar com distribuição de máscaras porque estamos percebendo que está diminuindo o uso e nossa preocupação é mantida. Sabemos que a economia depende de vidas e vamos continuar nessa linha de raciocínio”, completou.

Os descontos concedidos ficaram a critério de cada lojista. Durante o decorrer da promoção, o Órgão de Defesa do Consumidor também esteve nas ruas, fiscalizando e garantindo que os descontos fossem reais.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)