Economia

Setor de serviços industriais paga os melhores salários iniciais em Sinop

O setor de serviços industriais de utilidade (energia elétrica, água e saneamento, por exemplo) é o que pagou os melhores salários iniciais em janeiro em Sinop. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, o trabalhador desta área recebeu, em média, R$1,8 mil ao ser contratado no primeiro mês do ano, no município.

O segundo melhor rendimento está no setor agropecuário: R$ 1,7 mil. Em seguida aparecem construção civil (R$ 1,6 mil), indústria de transformação (R$ 1,5 mil) e serviços (R$ 1,3 mil). Já o comércio pagou o menor salario médio inicial em Sinop, em janeiro, conforme o Caged: R$ 1,2 mil.

Ainda sobre os resultados de janeiro, o Ministério do Trabalho apontou que a profissão que mais gerou novas vagas de emprego em Sinop foi alimentador de linha de produção, com abertura de 59 novos postos de serviço. Vendedor de comércio varejista (+48 vagas), trabalhador volante da agricultura (+43), auxiliar de escritório (+35) e operador de máquinas de beneficiamento de produtos agrícolas (+31).

Já o pior resultado na geração de empregos foi do cargo de vigilante. Nesta área, foram encerradas, em janeiro, 44 vagas. Operador (-36), repositor de mercadorias (-20) e vigia (-6) aparecem em seguida.

Conforme Só Notícias já informou, as empresas e indústrias em Sinop começaram 2018 contratando mais funcionários. Em janeiro, foram abertas 357 novas vagas com carteiras assinadas no município, saldo de 1.834 contratações e 1.477 demissões. O melhor desempenho foi do comércio, que abriu 133 novos empregos, resultado de 740 admissões e 607 rescisões.

Mato Grosso também começou o ano gerando mais empregos. Em janeiro, foram abertas 10.269 vagas, saldo de 37.435 contratações e 27.166 demissões. A agricultura foi o setor que liderou com 6.798 trabalhadores contratados a mais. Já o pior resultado foi do setor extrativista mineral, que encerrou 14 postos de trabalho.