Economia

Preços médios da gasolina e etanol em Sinop e Sorriso tem recuo em 4 semanas; Alta Floresta acima de R$ 7,3

Os dados do Sistema de Levantamento de Preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, apontaram que em quatro semanas o preço médio do etanol em Sinop apresentou diminuição, com o litro passando de R$ 5,467 para R$ 5,050. A última pesquisa foi feita entre 12 e 18 de dezembro, enquanto.

Só Notícias constatou que a diminuição já pode ser sentida no bolso no valor final. Em novembro, quem abastecia 50 litros, por exemplo, desembolsava cerca de R$ 273,3. Agora, seguindo a tendência do levantamento, fica na casa dos R$ 252,5, uma economia de mais de R$ 20.

Para a pesquisa, 12 postos foram visitados na região central, bairros como Palmeiras, Botânico, e também às margens da BR-163, sendo que o menor preço praticado é de R$ 4,799 e o maior de R$ 5,397.

A gasolina comum também teve queda, mas que pode não ser tão sentida no bolso do consumidor. Em novembro, o litro custava em média R$ 6,714 e agora R$ 6,684. Atualmente, o menor preço praticado é de R$ 6,499. Já o maior encontrado é de R$ 6,947.

Só Notícias constatou que em Sorriso, a queda do etanol também é considerável. Em novembro, custava em média R$ 5,587 e agora R$ 5,359. Considerando que sejam abastecidos 50 litros, o valor aproximado gasto passou de R$ 279,3 para R$ 267,9. Atualmente, o mínimo praticado é de R$ 4,949 e máximo de R$ 5,645

Para a gasolina, também houve leve recuo, passando de R$ 6,960 para R$ 6,853, com preço mínimo atual de R$ 6,599 e máximo de R$ 6,969. No município, 10 postos participaram do levantamento.

Em Alta Floresta, a ANP também constatou diminuição no etanol, no entanto, o município ainda tem a média mais alta entre os pesquisados. Anteriormente, custava R$ 5,947 e agora R$ 5,616. Na analogia dos 50 litros, passou de R$ 297,3 para R$ 280,8. O menor atual é de R$ 5,387 e maior de R$ 5,870.

Nas 10 empresas pesquisadas, a gasolina também diminuiu, mas ainda continua sendo uma das mais caras do Estado, passando de R$ 7,324 para R$ 7,292, com mínimo de R$ 7,2 e máximo de R$ 7,350.

Para a análise dos preços, Só Notícias considerou as pesquisas com intervalos de 21 a 27 de novembro, 28 de novembro a 4 de dezembro, 5 a 11, e por fim de 12 a 18 deste mês.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)