Economia

Postos de Sinop e Sorriso têm em média 21% de lucro com a venda de gasolina

Uma nova pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo), feita nos postos de combustíveis de algumas cidades do Nortão de Mato Grosso, mostra que o preço da comercialização da gasolina em Sinop e Sorriso, significa uma boa margem de lucro para os comerciantes.

Em Sinop, 17 postos foram visitados pelos fiscais da ANP, que levantaram os seguintes números. A média do preço por litro é de R$ 2,77, com alguns postos comercializando à R$ 2,69 e outros à R$ 2,83, um diferença de 0,03. Os postos que vendem a gasolina por R$ 2,69 compram das refinarias por R$ 2,22 e obtém uma margem de lucro de 17%. Já os que vendem à R$ 2,83, compram por R$ 2,2. Isso significa lucro de 22%, em cada litro. De todos os postos visitados, dois não apresentaram nota fiscal de compra do combustível.

Em Sorriso, a média é R$ 0,11 maior que em Sinop, R$ 2,88, com diferença de R$ 0,02. Dos 8 postos visitados foi constatado que o menor preço da gasolina – de R$ 2,84- resultado num lucro de 24%, pois compram o combustível por R$ 2,15. Já aqueles que compram por R$ 2,29, obtêm um lucro de 21%, vendendo à R$ 2,92.

A alta nos preços de distribuição e de revenda de gasolina foi influenciada pelo último reajuste de 26 de novembro de 2004. Neste período, na região Centro-Oeste, foi confirmado um aumento acumulado nos preços médios mensais de revenda de 8%. Esse comportamento foi decorrente dos reajustes de 2,4%, em 15 de outubro de 2004 e 4,2%, em 26 de novembro de 2004. Como conclusão, entre dezembro de 2004 e fevereiro de passado, o preço médio mensal esteve praticamente estabilizado e chegou à R$ 2,41.

Dos municípios pesquisados em Mato Grosso, os que apresentaram os maiores preços médios mensais de revenda foram: Várzea Grande, Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Sorriso e Alta Floresta.