Economia

Organizadores do tratoraço em Sinop não estão satisfeitos com negociações

Os produtores rurais de Sinop e os organizadores do tratoraço à Brasília não estão satisfeitos com os resultados das negociações com o Governo Federal após 4 dias de movimento.

Segundo o produtor Antonio Galvan, que esteve na coordenação e ficou vários dias em Brasília, os recursos de R$ 4 bilhões, do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), liberados para os custeios de produção só servirão para amenizar a situação dos agricultores. “Não vi nada de positivo nas negociações. Para nós esse valor liberado só vai adiar a dívida, porque vamos ter que pegar esse dinheiro e pagar a dívida passada, então vamos ficar com a dívida do segundo valor”, disse ao Só Notícias.

Galvan declarou ainda, que durante o movimento ninguém fez o planejamento de uma política agrícola que beneficie os produtores.

Leia mais em Agronotícias. Clique aqui.