segunda-feira, 15/abril/2024
PUBLICIDADE

Nova Mutum vai ganhar indústria têxtil em 2012

PUBLICIDADE

Uma grande indústria do segmento têxtil vai ser implantada no município, informa o prefeito Lírio Lautenschlager. “O anuncio oficial deve ser feito até o mês de fevereiro”, afirmou Lírio, que não revelou o nome do grupo com que as negociações estão sendo encaminhadas para a reta final. “A indústria agregará valor à matéria prima, no caso o algodão, a exemplo do que já acontece no segmento de carnes, gerando mais empregos e também retorno para os cofres públicos”, falou. As negociações com o grupo de investidores já vem de longa data, sendo intermediadas pelo secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Oduvaldo Lopes Ferreira.

Entre os fatores que atraíram a atenção dos investidores para Nova Mutum está o volume de produção, com 84.589 toneladas, em 26 mil hectares plantados (IMEA/IBGE – 2011) que deixam Nova Mutum em 14° no ranking nacional dos maiores produtores.

A localização estratégica de Nova Mutum também é outro fator apontado como decisivo para a tomada de decisão dos investidores. Na região estão localizados outros municípios também classificados entre os campeões nacionais, como é o caso de Sapezal (3° no ranking), Diamantino (8°), Campo Novo do Parecis (13º) e Santa Rita do Trivelato, que também figura entre os maiores. Todos são ligados a Nova Mutum pelas rodovias Mt249 e Mt235.

Conforme Só Notícias já informou, Mato Grosso é o maior produtor nacional de algodão. A informação é confirmada pela pesquisa Produção Agrícola Municipal – Culturas Temporárias e Permanentes 2010, publicada em outubro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. O estado plantou 420.123 hectares e colheu 1.454.675 toneladas, sendo responsável por 49,3% da produção nacional. A Bahia aparece em segundo lugar e Goiás, em terceiro. Entre os 20 municípios que se destacam no cultivo, 12 são matogrossenses.

Nova Mutum possui cinco grandes empreendimentos industriais. Um frigorífico de frangos, que abate 240 mil aves/dia, o frigorífico de suínos, com 2.500 abates/dia, a esmagadora de uma multinacional, com capacidade para 4 mil toneladas/dia, produzindo 288 mil toneladas de óleo de soja degomado/ano e 1,12 milhões de toneladas de farelo de soja/ano.

No segmento da industrialização da soja também atua uma indústria de um grupo genuinamente nacional, com capacidade de 1,5 mil toneladas/dia, produzindo 108 mil toneladas de óleo de soja degomado/ano e 420 mil toneladas de farelo de soja/ano. No município também está localizada a indústria sucos de uva, que produz 555 mil litros de suco /ano, abastecendo os principais mercados do Brasil.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Sinop: empresas ofertam 98 vagas de empregos e salários chegam até R$ 3,9 mil

Empresas de Sinop iniciam a semana contratando 98 novos...

Sinop: IPTU vence hoje com desconto de 15%

As guias do Imposto Predial e Territorial Urbano e...

Preço médio dos combustíveis tem aumento em Sinop; diesel baixa em Sorriso

O mais recente levantamento da Agência Nacional do Petróleo,...

Indústrias de Matupá ampliam volume de negócios no exterior; China e Espanha lideram

As indústrias em Matupá (208 km de Sinop) alcançaram...
PUBLICIDADE