Economia

Nova Mutum aumenta exportações no começo de 2021 e sobe em ranking estadual

Diferentemente de Sinop e Sorriso, que, conforme Só Notícias informou, reduziram as exportações no começo de 2021 em comparação com janeiro do ano passado, o município de Nova Mutum registra alta de 63% na comparação do período. De acordo com Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) somente em janeiro deste ano já foram comercializados U$ 58,3 milhões contra 35,7 milhões em janeiro de 2020.

Os números fizeram Nova Mutum subir do sétimo para o quarto lugar no ranking dos exportadores estaduais, respondendo por 6,5% de tudo o que Mato Grosso enviou para o mercado externo. No ranking nacional, o município subiu uma posição e agora ocupa a 53ª lugar, com 0,4% de tudo que o Brasil exporta.

Por outro lado, as importações caíram de U$ 9,7 milhões para U$ 1,3 milhão em janeiro, uma redução de 86,7% que deixou o saldo da balança comercial superavitário em U$ 57 milhões logo no primeiro mês de 2021.

As vendas foram, majoritariamente, de derivados de soja. Os resíduos sólidos do grão que restaram da extração de óleo somam 60% das vendas, o algodão tem 31% do mercado e o milho tem 8,5%. O restante, 0,5%, é de miúdos de carne.

A China compareceu às compras em Nova Mutum, mas agora tem apenas 13% do mercado e foi ultrapassada pela Tailândia, que comprou 47% das exportações do município. Dinamarca com 12%, Malásia com 6,7%, e Vietnã com 6,6% completam a lista de maiores parceiros comerciais.

Só Notícias/Marco Stamm (foto: assessoria/arquivo)