terça-feira, 23/julho/2024
PUBLICIDADE

Nota MT tem mais de 660 mil usuários cadastrados; Sinop é a 2ª cidade com mais ganhadores

PUBLICIDADE
Redação Só Notícias (foto: assessoria)

Em cinco anos, mais de 660 mil cidadãos já se cadastraram no Nota MT, programa do governo de Mato Grosso que incentiva a cidadania fiscal por meio de sorteios mensais. De acordo com dados da secretaria estadual de Fazenda, dentre os cadastrados, 58.444 já foram premiados, totalizando R$ 33,401 milhões repassados para eles.

Atualmente, o Nota MT conta com cadastrados nos 141 municípios mato-grossenses, com uma adesão menor em cidades localizadas no interior do estado. Cuiabá, Várzea Grande e Sinop possuem as maiores quantidades de usuários cadastrados no programa, sendo 203,2 mil 54,2 mil e 48,9 mil, respectivamente. Mensalmente, o Nota MT distribui 1.010 prêmios para quem está cadastrado e pede o CPF na nota nas compras. Os valores das premiações são de R$ 100 mil, R$ 50 mil, R$ 10 mil e R$ 500.

Em relação aos consumidores premiados, dados consolidados de todos os sorteios até o de número 71 – Mensal de Março – demonstram que os municípios que concentram o maior número de ganhadores são: Cuiabá, com 22.286 ganhadores, equivalente a 38,8% dos sorteados; Sinop, com 4.864 ganhadores, correspondendo a 8,47%; e Várzea Grande, com 4.453 contemplados, que são 7,75% do total.

De acordo com o secretário adjunto de Projetos Especiais da Sefaz, Vinícius Simioni, o Nota MT é uma ferramenta extremamente importante que faz parte do Programa Cidadania Fiscal e que cresceu nos últimos anos, alcançando moradores de todas as regiões do Estado. No entanto, é importante que cada vez mais pessoas participem da iniciativa.

“O Nota MT já está operando há cinco anos em um nível bom de evolução, tanto na quantidade de usuários quanto na quantidade de documentos fiscais solicitados e emitidos a partir do uso do programa. Mas é preciso ter cada vez mais inscritos, fortalecendo essa cultura de cidadania fiscal, onde os cidadãos entendem e valorizam o papel dos tributos no desenvolvimento da sociedade e da economia estadual”, pontua o secretário adjunto.

Para Vinícius Simioni, o objetivo agora é fortalecer o Nota MT no interior do Estado. Ele ressalta que, além dos prêmios sorteados, quem participa do programa tem outros benefícios, como o desconto no IPVA e a pesquisa de preço das mercadorias comercializadas no Estado, por meio da ferramenta Menor Preço.

“Vamos trabalhar para aumentar a participação no interior do Estado. As pessoas, conhecendo o programa e entendendo a vantagem de exercer a sua cidadania a partir do Nota MT, vão se cadastrando e pedindo CPF na nota fiscal. Isso gera a oportunidade de participar dos sorteios mensais, além de utilizar o Menor Preço para consultar os melhores preços praticados para os itens que buscam e ter o desconto no IPVA”, destaca o adjunto da Sefaz.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE