domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Medicamentos devem ficar até 5% mais caros nas farmácias em Sinop

PUBLICIDADE

O levantamento feito por Só Notícias, em pelo menos três farmácias, apontam que o reajuste será de até 5%, na lista dos medicamentos da Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico (Abcfarma). A previsão é que o aumento seja aplicado esta semana. O governo fixou reajuste dos preços dos medicamentos de até 4,76%, através de resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), última sexta-feira (31).

"Alguns clientes que são hipertensos, diabéticos e precisam deste tipo de medicação constantemente estão se antecipando na compra antes da aplicação do reajuste. Sempre existe uma certa reclamação quando ocorre aumento nós preços.Porém, como é um item essencial não ocorre queda significativa nas vendas”, disse um dos responsáveis pelo gerenciamento de compras de medicamentos de uma farmácia, Jerlan Ferreira, ao Só Notícias.

O reajuste será aplicado em pelo menos 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro. Entre eles estão: forane, sevorane, iruxol, cloridrato de ambroxol, albendazol, bromazepam, mebendazol, cloridrato de sibutramina, pantoprazol, carvedilol entre outros. A lista completa está disponível no portal da  Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O reajuste de preços levou em conta a inflação acumulada nos 12 meses até fevereiro, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), que ficou em 5,68%, em 2013.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda

Cerca de 5,75 milhões de contribuintes que entregaram a...

Nova Mutum define nova área para pesquisas no agro

A prefeitura outorgará a concessão de terreno público (arrendamento)...

Vendas no comércio varejista em Mato Grosso voltam a aumentar

As vendas no comércio varejista em Mato Grosso tiveram...
PUBLICIDADE