Economia

Mato Grosso fecha ano gerando 23 mil empregos a mais

Mato Grosso teve, em dezembro, 9,3 mil funcionários demitidos a mais. É o saldo de 23.371 que foram contratados e 32.723 que acabaram sendo demitidos. Os dados foram divulgados, há pouco, pelo Ministério do Trabalho. Mesmo fechando no vermelho o mês passado, o Estado teve mais empregos criados em 2019. Foram 23.060 admitidos a mais em indústrias e empresas de diversos segmentos, nos 12 meses.

A indústria da transformação dispensou 2.549 trabalhadores a mais no mês passado. Fez 2.546 admissões e mandou embora 5.095. Na agropecuária, foram demitidos 2.012 a mais resultado de 4.871 contratados e 6.883 demitidos.

No setor de serviços foram 2.203 que perderam empregos – 8.571 dispensados e 6.548 contratados. A construção civil registrou 1.846 demissões a mais. Em dezembro, 3.080 pedreiros e serventes foram demitidos a mais, saldo de 3.080 dispensas e 1.234 admissões.

No comércio foram dispensados 616 a mais e nos serviços de utilidade pública 113.

Nenhum segmento da economia estadual teve saldo positivo, em dezembro, nas contratações. Em novembro, Mato Grosso também teve mais demissões, porém, o número foi bem menor: 2.437.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)