Economia

Índice de desemprego em Lucas do Rio Verde já chega a 30%

A crise na agricultura e madeireira vem afetando todos os setores econômicos do Nortão. Em Lucas do Rio Verde, tanto os empresários como os trabalhadores do setor comercial e industrial estão sentido os prejuízos e as conseqüências desta crise.
Segundo o presidente da Associação Comercial e Empresarial do município, Nestor Albreichc, a baixa do dólar tem sido um dos grandes motivos dos problemas econômicos. “Esse preço que o dólar vem apresentado desde o início do ano está desvalorizando a produção, tanto agrícola quanto madeireira, que já não é grande. Creio que não é só em Lucas que esse problema é visto, mas sim em toda a região bom como no Estado”, disse, ao Só Notícias.

Nestor afirma, ainda, que por causa da crise, a inadimplência, o número de cheques devolvidos e o desemprego tem aumentado no município, sendo que o índice de desemprego já chega a 30%. “Como se já não bastasse a questão agrícola, com os empréstimos para custeios de produção, depois da Operação Curupira, quando foi proibida a movimentação de madeira no Estado, tudo piorou ainda mais”, completa, afirmando que todos os problemas acabam refletindo “diretamente no setor comercial. Tudo pára exatamente nesse campo”.

O presidente finaliza fazendo uma crítica a mídia nacional, que conforme ele, está mostrando uma imagem equivocada do Estado, para o país. “A mídia nacional acaba pintando Mato Grosso como um vilão. E sabemos que isso não é verdade, pois a área desmatada é muito inferior a área agrícola que o estado possui. Eles não estão aqui para ver de perto a situação e divulgam aquilo que acham que está acontecendo”, salienta, revoltado.