Economia

Grupo investe R$ 40 milhões em empresa no setor logística e armazenagem de sementes em Lucas do Rio Verde

Lucas do rio verde aérea 9 - junho de 2018(ass)

Uma empresa que atua no segmento de logística e armazenagem de sementes está construindo uma unidade de armazenamento de sementes/grãos, às margens da MT-449, no complexo industrial Attilio Fontana, com investimentos de R$ 40 milhões. A previsão é entrar em funcionamento no início de outubro, gerando cerca de 50 empregos diretos mas que podem chegar a 80 no período de safra.

O prefeito Luiz Binotti visitou o empreendimento com os diretores do grupo empresarial e considera que, “com a vinda da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), da Rumo, e da Ferrogrão, Lucas do Rio Verde se tornará o maior porto seco da América Latina e atrairá muitos outros investimentos. “Tínhamos este ano uma grande expectativa em relação à economia, pois muitos outros empresários e empresas como esta que está se instalando aqui demonstraram interesse em investir em Lucas do Rio Verde. Pena que esta pandemia adiou alguns planos, mas, se Deus quiser, logo vamos virar essa página e tudo voltará ao normal”, observa.

O diretor do segmento de agronegócio do grupo, Fábio Badaró, disse que “escolher Lucas do Rio Verde não foi uma opção, foi uma decisão estratégica muito bem pensada e tivemos todo apoio do prefeito” “para implantar este novo projeto que traz não apenas a refrigeração de sementes, mas que será uma unidade de armazenamento de semente em ambiente refrigerado com uma TSI (Tratamento de Semente Industrial)”, disse, através da assessoria.

As tratativas para construir a unidade começaram ano passado.

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)