segunda-feira, 20/maio/2024
PUBLICIDADE

Grupo deve investir R$ 3 bilhões em usinas de etanol em Mato Grosso

PUBLICIDADE

O governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, e o vice-governador, Silval Barbosa, receberam o presidente da Cluster de Bioenergia, João Carlos Meirelles, o presidente da Brazilian Italian Oil (Bio), Mario Buri, e comitiva nesta sexta-feira. O objetivo da vinda a Cuiabá foi uma visita a Maggi que deixa a direção do Executivo de Mato Grosso no próximo dia 31. Na ocasião os dirigentes da indústria de beneficiamento de cana-de-açúcar falaram sobre o andamento dos projetos de implantação das três usinas de etanol no Estado.

Os investimentos devem alcançar R$ 3 bilhões até 2016. As duas primeiras usinas, previstas para 2012 e 2014, serão instaladas em Barra do Garças. A terceira prevista para 2016 será em Água Boa. Ao todo, serão 180 mil hectares de lavoura de cana-de-açúcar, numa área que era de pastagem para criação de gado.

A previsão é que todo o complexo gere 7,2 mil empregos diretos, e aproximadamente 20 mil postos indiretos na região. A empresa está negociando com as prefeituras dos dois municípios e também de Nova Xavantina uma parceria para a construção de 10 mil residências para atender os trabalhadores das usinas.

O presidente da Bio, Mario Buri, que também é membro do conselho de administração da Cluster de Bioenergia explicou que o projeto prevê ainda total utilização do bagaço da cana, sendo que 70% será destinado para a produção de energia, e o restante será aproveitado para fabricação de ração animal e confecção de embalagens biodegradáveis.

A escolha do Vale do Araguaia se deu em função da produtividade da região e dos incentivos recebidos do Estado.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Termina hoje prazo de renegociação do Desenrola Brasil

Os devedores de até R$ 20 mil que ganhem...

Nova Mutum acumula R$ 1,6 bilhão em negociações no exterior

As indústrias em Nova Mutum embarcaram 3,5% dos produtos...

Indústrias em Diamantino chegam a R$ 1 bilhão em produtos exportados

Diamantino está em 14º no ranking de estadual de...

Preço médio dos combustíveis em Sinop tem queda, diz ANP

O mais recente levantamento da Agência Nacional do Petróleo,...
PUBLICIDADE