Economia

Governo negocia R$ 19,4 milhões em primeira semana do Mutirão Fiscal em Mato Grosso

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo do governo do Estado, em parceria com o Poder Judiciário já negociou, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e secretaria de Estado de Fazenda, R$ 19,4 milhões. O mutirão teve início no dia 1º de novembro e segue até o dia 29 deste mês.

Do total, R$ 11,9 milhões foram negociados à vista ou se referem à primeira parcela, enquanto o restante (R$ 7,5 milhões) entrará nos cofres estaduais parceladamente. Foram realizados 22.354 acordos.

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo está funcionando no segundo andar da Arena Pantanal, acesso pelo Portão A, com atendimento de segunda a sexta-feira, entre 8 e 18 horas, sem intervalo, com distribuição de senhas até às 16 horas. A exceção será na segunda-feira (11), quando haverá jogo pelo Campeonato Brasileiro Série B. Neste dia, o atendimento será até às 13 horas, com distribuição de senhas até 11 horas.

Durante o Mutirão Fiscal, o contribuinte pode renegociar dívidas fiscais e tributárias geradas no âmbito das secretaria de Fazenda (Sefaz), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran), Procon e Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager).

Cerca de 200 conciliadores trabalham simultaneamente, em dois turnos, para esclarecer dúvidas e fazer as renegociações. Os débitos tributários (ICMS, IPVA, ITCD, entre outros), inscritos ou não na dívida ativa, podem ser negociados por meio do Refis. Já as dívidas oriundas de multas e taxas do Detran, Sema, Indea, Procon e Ager são renegociadas por meio do Regularize.

A Secretaria de Meio Ambiente (Sema) também participa da edição do Mutirão Fiscal, porém os débitos relativos à pasta são renegociados somente de forma online ou na sede da secretaria.

Além da Sema, as negociações com os demais órgãos também podem ser feitas de forma online, para facilitar a vida dos contribuintes que não podem comparecer presencialmente na Arena ou que residam no interior do Estado. Nesses casos, os interessados podem promover a quitação dos débitos por meio do site  do Mutirão Fiscal.

Redação Só Notícias