Economia

Governo do Estado e governo federal investirão R$ 10 milhões no aeroporto de Tangará da Serra

A secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), do ministério da Infraestrutura, autorizou o Governo de Mato Grosso a iniciar o processo licitatório para obras de reforma e ampliação do aeroporto regional de Tangará da Serra com R$ 5,1 milhões de investimentos estaduais e mais R$ 4, 9 milhões do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), totalizando R$ 10 milhões de investimentos.

O projeto do governo estadual contempla o recapeamento de toda a pista de pouso e decolagem, o projeto para construir novo pátio de aeronaves com mais de 15 mil metros quadrados e nova taxiway, ambos já com estrutura de pavimento para jatos de maior porte. O investimento prevê obras de drenagem, sinalizações horizontal e vertical, balizamento luminoso, iluminação do pátio, biruta iluminada, PAPI e farol rotativo, iluminação da área operacional, casa de força e gerador, obras complementares, entre outros itens.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, disse que a autorização para o governo dar andamento ao processo licitatório vai assegurar não apenas o investimento em infraestrutura aeroportuária, como também fomentar o desenvolvimento da aviação regional e sub-regional de Mato Grosso, além de todo o Estado. “Tangará  é um município-polo e de grande importância econômica para a região e Mato Grosso, e a reforma fará com que o aeroporto suba para a categoria 3C, pois a extensão da pista terá 1.500×30 metros. Ou seja, vai atrair novas empresas aéreas e mais rotas conectando Mato Grosso a outras capitais brasileiras e proporcionar o desenvolvimento de nosso Estado”, afirmou, através da assessoria. Essa etapa de obras permitirá ao município ampliar os voos comerciais com aeronaves de maior porte, como o ATR 72.

Tangará esperava as obras de melhorias desde 2017 e colocá-la em prática foi uma das prioridades das obras definidas pelo governador Mauro Mendes, inseridas no programa Mais MT, no eixo Infraestrutura. Somente a reestruturação e ampliação da malha aeroportuária do Estado receberá um investimento da ordem de R$ 56,4 milhões, que serão destinados pelo Governo do Estado para a execução de obras e projetos até 2022.

 

Só Notícias (foto: assessoria)