Economia

Governo do Estado diz que auditará incentivos para empresas e promete pagar fornecedores

O secretário de Casa Civil de Mato Grosso, Mauro Carvalho prometeu, hoje, após participar da primeira sessão da Assembleia, rever todas as políticas de incentivos e uma das primeiras medidas é o Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic). A intenção é priorizar os servidores públicos. Fornecedores também serão pagos.   “Agora nós vamos fazer uma auditoria bem grande no Prodeic, reavaliar todos incentivos fiscais, ver se todos estão de acordo com o que determina a lei. Tem a parte do comércio também, a parte de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o governo está avaliando”, afirmou.

Além das políticas de incentivo, o governador Mauro Mendes (DEM) está revendo os contratos com fornecedores. “Todos os contratos estão sendo reavaliados, rediscutindo os valores e solicitando no mínimo 20% de desconto. Isso é o que cada secretário tem feito com todos os prestadores de serviço”, disse Carvalho. “Quem prestou serviço, o estado tem dever de pagar. Não sei se nesse momento é permitido porque o estado não tem esse recurso e a prioridade é o servidor público e a folha de pagamento. Logo que o estado recupera seu caixa logicamente esses fornecedores serão pagos”, finalizou.

A Assembleia Legislativa realizou, nesta segunda-feira, a sessão solene de instalação da 1ª sessão legislativa ordinária da 19ª legislatura. Carvalho representou o governador Mauro Mendes

Só Notícias/Gazeta Digital (foto: assessoria)