Economia

Empresas disponibilizam mais 60 vagas de trabalho em Nova Mutum

O Sistema Nacional de Empregos divulgou levantamento detalhando que empresas de diversos segmentos estão oferecendo 68 vagas de empregos em Nova Mutum. As remunerações variam e chegam até R$ 3,3 mil, sendo que algumas ainda contam com adicionais como vales alimentação, transporte, dentre outros.

As empresas buscam contratar 20 empacotadores, 10 operadores de supermercados, vigia e auxiliar de açougueiro. Para todas estas, o salário deverá ser combinado, mas são voltadas para quem está ingressando no mercado do trabalho ou deseja mudar de ramo, já que não exigem experiência.

Para pedreiro, com experiência, há uma vaga, e o salário é de R$ 3,3 mil. Entre as atividades desempenhadas estão construção de barracão, casas, dentre outros. Para ajudante de pedreiro também há um posto disponível e a remuneração é de R$ 2,2 mil.

Ainda é oferecida uma vaga para cozinheiro, com remuneração de R$ 1,4 mil, mais plano de saúde e seguro de vida. O interessado deve ter experiência, ensino fundamental completo, e irá preparar refeições, fazer lista de compras, receber e guardar mercadorias, dentre outras funções.

Também há oportunidades para mecânico de manutenção e auxiliar de mecânico, com salários de R$ 2,3 mil e R$ 1,8 mil, respectivamente, mais vale alimentação e transporte. São duas oportunidades para cada atividade, e é necessário contar com experiência. Já para mecânico de manutenção industrial, são 3 vagas, com vencimentos de R$ 3 mil, mais adicionais.

Outra vaga disponível é para balanceiro, com remuneração de R$ 2 mil, e ainda residência no local. O trabalhador deverá desempenhar pesagem de concreto, mas é necessário ter ensino médio completo e experiência na função. Uma empresa também busca, com urgência, um auxiliar de compras, com salário de R$ 2,5 mil e vale alimentação.

Os currículos devem ser entregues no posto do Sine, que fica localizado na avenida Mutum. Todas as vagas de emprego ofertadas pelo Sine dependem do mercado de trabalho, portanto, em alguns casos as oportunidades podem não aparecer aos candidatos em razão do preenchimento feito pelas próprias empresas.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria)