Economia

Empresas de Nova Mutum e Cuiabá são escolhidas para Congresso Brasileiro de Inovação

A 8ª edição do Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria tem 3 cases de sucesso mato-grossenses com duas indústrias de Cuiabá e uma de Nova Mutum selecionadas para apresentar ganhos em melhorias atrelados à otimização, qualificação e digitalização. Todas elas passaram por programas de consultoria e melhorias do Instituto Senai de Tecnologia de Mato Grosso.

A bancada examinadora avaliou e selecionou 40 cases selecionados de todo o país. Uma cerealista de Nova Mutum, uma indústria de sorvetes de Cuiabá e uma fábrica de móveis da capital foram escolhidas. “Ser um desses cases é motivo de muita alegria para nós porque é um trabalho que vem de muitos anos. Por ser uma empresa familiar do interior, é muito difícil competir no mercado que está globalizado. Desde que o Senai veio para Nova Mutum se tornou um parceiro muito grande nesse quesito e ajudado a trazer um olhar diferente para a nossa empresa. Desde 2016 participamos de vários programas como a Indústria Mais Produtiva, Indústria 4.0 e um projeto de energia que estamos fazendo no momento. Estamos muito felizes em estar representando empresas de Mato Grosso,”  explicou a empresária Marta Elisa Faccio, da indústria de Nova Mutum.

O congresso, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) começou ontem, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, e termina hoje.

Serão 18 paineis com 19 palestrantes internacionais, de 12 diferentes países, e 31 brasileiros para debater as inovações desenvolvidas no Brasil e por países referência no tema, como a China, Israel, Alemanha, Suíça, Finlândia, Índia, informa a assessoria. A comitiva de Mato Grosso, formada por industriais e profissionais da área de inovação, também participa do evento bem como diretores da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt).

 

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)