Economia

Empresas abrem mais de 470 vagas de empregos através do SINE em Sinop e Lucas do Rio Verde

Mais de 470 vagas de empregos estão sendo ofertadas por empresas de diversos segmentos em Sinop (323 vagas) e Lucas do Rio (153) através do Sistema Nacional de Emprego. De acordo com a secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, em todo o Estado são 2.140 vagas de emprego disponíveis.

Em Sinop, por exemplo, as vagas são para estoquista, frentista, auxiliar de expedição, caixa (supermercado), gerente administrativo, contador, motorista carreteiro e garçom. Em Lucas do Rio Verde são ofertadas oportunidades para  ajudante de eletricista, camareira de hotel, roupeiro de televisão, técnico de suporte de TI, técnico em segurança do trabalho, churrasqueiro e entregador de bebidas (ajudante de caminhão).

Em Cuiabá e Várzea Grande são 238 oportunidades de emprego para as áreas de: engenheiro elétrico, gesseiro, lavador de veículos, ajudante de obras, cozinheiro do serviço doméstico, assistente de vendas, repositor de mercadorias, e operador de guincho. Já para as Pessoas com Deficiência (PCDs) estão disponíveis 19 vagas para recepcionista atendente, promotor de vendas, atendente de lojas, porteiro, auxiliar de limpeza, lavador de ônibus, auxiliar de linha de produção e manobrista.

Em Primavera do Leste com 294 vagas nas áreas de pizzaiolo, torneiro mecânico, operador de máquina de terraplenagem, costureira em geral, jardineiro, balconista, analista de recursos humanos, ajudante de carga e descarga de mercadoria, entre outros. Vale destacar que 36 vagas são somente para auxiliar de linha de produção e outras 34 vagas para pedreiro.

Já em Rondonópolis são 126 oportunidades disponíveis nas áreas de ajudante de serralheiro, encanador, cortador de mármore, programador de sistemas de informação, motorista de caminhão-guincho pesado com munk, mecânico de manutenção de caminhão a diesel, azulejista, borracheiro e instalador de película solar (insulfilm). Para operador de empilhadeira estão disponíveis 34 vagas.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)