Economia

Dólar cai de novo e tem menor valor em 40 meses: R$ 2,27

O ingresso de recursos voltou a prevalecer sobre o mercado e fez o dólar encerrar abaixo de R$ 2,30 nesta quarta-feira pela segunda sessão consecutiva. A moeda norte-americana recuou 0,65% e terminou o dia a R$ 2,280 – o menor preço de fechamento desde 10 de abril de 2002. Na mínima da sessão, o dólar declinou 1,09%, para R$ 2,270.

“O fluxo financeiro tem estado bastante positivo”, apontou Daniel Szikszay, gerente de câmbio do banco Schahin. Segundo analistas, o cenário econômico tem atraído recursos, especialmente com o risco Brasil em queda e a taxa de juros elevada.

Nesta tarde, o risco-país, medido pelo banco JP Morgan, cedia 6 pontos, para 376 pontos-básicos sobre os títulos do Tesouro norte-americano.
O gerente de câmbio de um banco nacional, que preferiu não ser identificado, acrescentou que os comentários feitos na véspera pelo secretário do Tesouro, Joaquim Levy, ainda repercutiam sobre a movimentação do mercado.