domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Custo da construção civil tem leve aumento em Mato Grosso

PUBLICIDADE

O custo do metro quadrado (m2) da construção em Mato Grosso avançou 0,63% no semestre, saindo de R$ 1.045,45 em dezembro de 2016 para R$ 1.052,11 em junho deste ano. Nos primeiros meses de 2017, o material foi o item que mais encareceu, chegando 1,18% de aumento. Em dezembro, o custo com produtos somou R$ 560,32 e em junho chegou a R$ 566,98. Já a mão de obra manteve a mesma média de preço do fim do ano, estimado em R$ 485,13.

A mão de obra, ao contrário dos materiais de construção, vem oscilando de preço nos últimos meses, mas a diferença é pequena. Em janeiro, o custo era de R$ 486,18. Em maio, chegou a R$ 483,68. Agora em junho, o custo está estimado em R$ 485,13, mesmo patamar de dezembro de 2016.

Rafael Brandão, gerente de uma loja de materiais de construção de Várzea Grande, informa que o aumento de preço foi até mais significativo no começo deste ano e que isso influenciou no giro de mercado do estabelecimento. “O aumento do custo dos materiais reduziu o giro de mercado neste começo de ano. Agora que o movimento e as vendas melhoraram”. Segundo Brandão, mais do que a correção preço dos materiais, o que pesou foram gastos com outros itens, que influenciam o custo final repassado ao consumidor. “O que mais está onerando são os impostos. E além dele, o custo do frete que é influenciado pelo combustível”, aponta.

Mesmo com a redução dos últimos meses, a mão de obra é o item que mais encareceu nos últimos 12 meses. No período, a alta foi de 9,8%, sendo que em junho de 2016 o custo era de R$ 441,60 e este mês passou para R$ 485,13. O material de construção também ficou mais caro para quem está construindo, com evolução de 4,12% no preço, que fechou junho em R$ 566,98, sendo que no ano passado era de R$ 544,50. Nos últimos 12 meses, o custo do metro quadrado subiu 6,69%, passando de R$ 986,10 para R$ 1.052,11.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Começa consulta a segundo lote de restituição do Imposto de Renda

Cerca de 5,75 milhões de contribuintes que entregaram a...

Nova Mutum define nova área para pesquisas no agro

A prefeitura outorgará a concessão de terreno público (arrendamento)...

Vendas no comércio varejista em Mato Grosso voltam a aumentar

As vendas no comércio varejista em Mato Grosso tiveram...
PUBLICIDADE