Economia

Cuiabá gera pelo 2º mês seguido mais de 460 empregos com carteiras assinadas

A capital de Mato Grosso teve saldo positivo ao gerar mais vagas de empregos com carteiras assinadas pelo segundo mês seguido. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, foram criadas 469 vagas a mais, resultado de 6.690 contratações e 6.221 demissões. Em março, Cuiabá gerou 194 vagas.

No mês passado, o setor de serviços foi o que gerou mais empregos. Foram 230 novas vagas a mais ao admitir 3.347 trabalhadores e demitir 3.117. A construção civil teve o segundo melhor resultado ao abrir 208 vagas a mais, resultado de 725 formalizações e 517 contatos recendidos.

A indústria de transformação abriu 73 vagas a mais, saldo de 489 contratados e 416 mandados embora. A agropecuária também teve saldo positivo ao gerar 12 vagas a mais. O extrativista mineral gerou 3 vagas a mais.

Por outro lado, os serviços industriais de utilidade pública encerraram 26 vagas ao demitir 93 e contratar 67 pessoas. O comércio teve o segundo pior resultado. Foram encerradas 26 vagas a mais, resultado de 93 demissões e 67 contatos assinados.

Só Notícias constatou ainda que as empresas e indústrias de todos os segmentos comercias de Cuiabá geraram 2.983 novas vagas com carteiras assinadas nos últimos 12 meses, saldo de 81.008 contratações e 78.025 demissões. Em um ano, 26.363 pessoas foram mandadas embora, 27.439 contatados foram assinados gerando 1.076 vagas.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: Daniel Meneguini)