Economia

Cuba paga maior preço pela carne de Mato Grosso; Alemanha tem 2º maior valor e Holanda 3º

O preço da carne de Mato Grosso vendido para diversos países melhorou. Mesmo com o volume total em equivalente carcaça tendo diminuído 10,43% ano passado ante a 2020, o faturamento dessas exportações seguiu um caminho inverso e excedeu o teto, alcançando o novo recorde histórico de US$ 1,72 bilhão em Mato Grosso.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou que foram vendidas 443,16 mil de toneladas de equivalentes carcaça para clientes no exterior “Cuba destacou-se por pagar a média de US$ 6,94/kg em 2021. Em seguida, esteve a Alemanha, com a média de US$ 5,91/kg, valores US$ 3,04 e US$ 2,01 superiores, respectivamente, ao valor médio do quilo exportado por Mato Grosso”.

Só Notícias apurou, com base no levantamento do instituto, que os holandeses pagaram US$ 5,82/kg, Gana US$ 5,57/kg, Itália US$ 5,42/kg, os belgas pagaram US$ 5,40/kg pela carne mato-grossense, os compradores do Reino Unido US$ 5,04/kg, do Azerbaijão US$ 5,00/kg, da Suécia US$ 4,88/kg e de Portugal US$ 4,62/kg.

A China, que vinha pagando valores também altos, não ficou entre os dez primeiros colocados visto que sua saída no último trimestre pressionou as cotações.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)