Cultura

Quarta edição do “Vem pra Arena” tem programação cultural variada e show com Vanessa da Mata

Música, teatro, dança, artesanato, gastronomia, cinema, literatura e muito mais. Como nas edições anteriores, o Vem Pra Arena, projeto do Governo de Mato Grosso realizado pela Secretaria de Estado de Cultura leva entretenimento, cultura e lazer à população neste sábado (15) e domingo (16), na Arena Pantanal. As atividades acontecem a partir das 17h30 e a entrada é gratuita.

Em homenagem às crianças há diversas atrações infantis. A primeira delas sobe ao palco principal às 17h30. O Teatral Grupo de Risco, de Mato Grosso do Sul, encena a peça A Princesa Engasgada. O espetáculo integra a programação da 7ª Mostra Internacional de Teatro Infantil (Miti), que por sua fez parte do Circuito de Festivais de Teatro de Mato Grosso.

Tendo como referência a Comédia Dell’Arte, dois atores se transformam em rei, princesa, camponeses, tudo aos olhos do público que participa ativamente de toda a história. O espetáculo resgata o clima da Idade Média, quando as companhias cênicas viajavam pelo interior dos países europeus apresentando suas peças em carroças.

Às 18h30 a cantora mirim Manu Paiva, do The Voice Kids, se apresenta com Kaliny Rodrigues e Cairo Henrique, que também participaram do reality show musical. Manu mora em Cuiabá desde criança. Kaliny é de Campo Verde e Cairo de Rondonópolis.

Em seguida, às 19h30, é a vez do circo ganhar espaço no palco. O Coletivo Diamond apresenta intervenções artísticas que fazem parte do projeto Circolando, voltado para crianças e jovens.

A dança também tem vez com apresentações de hip hop, dança de salão, stiletto e dança do ventre do Espaço Âmbar, às 19h45.

Henrique Maluf e Cerrado Groove levam muito soul e black music ao palco do Vem Pra Arena às 20h. Soul, funk, blues, jazz, pop, rap e bossa nova estão neste repertório que promete não deixar ninguém parado.

A valorização da cultura regional é um dos objetivos do projeto, que recebe artistas vindos das mais diversas regiões do estado. O Cururu, uma das mais tradicionais manifestações artísticas da terra, estará presente nesta 4ª edição.

Considerada uma das melhores bandas de rock independente no cenário brasileiro, O Terno (SP) é formada por Tim Bernardes, Guilherme D'Almeida e Gabriel Basile. Em junho de 2012 lançou seu primeiro disco, 66, de forma independente. Esse disco foi muito bem avaliado, sendo considerado pelo jornal O Globo como "um dos mais impressionantes discos de estréia de uma banda brasileira" e colocado entre os 25 melhores álbuns brasileiros de 2012 pela revista Rolling Stone Brasil. O mais recente álbum é Melhor Do Que Parece, uma mescla de tropicalismo, rock, soul e música brasileira. O Terno se apresenta às 21h30 no palco principal.

Para encerrar a noite de sábado a mato-grossense de Alto Garças, Vanessa da Mata, sobe ao palco às 22h30. Dona de uma voz afinadíssima e presença que chama a atenção, Vanessa é cantora, compositora e escritora. Cresceu cercada pela natureza da pequena cidade do interior de Mato Grosso. Ouviu de tudo na infância, de Luiz Gonzaga a Tom Jobim, de Milton Nascimento a Orlando Silva bem como ritmos regionais como o carimbó, música caipira e até música brega italiana.

Vanessa já lançou seis álbuns e um CD/DVD ao Vivo. Entre os grandes sucessos de sua discografia estão "Não me deixe só", "Ainda Bem", "Ai, Ai, Ai", "Boa Sorte/Good Luck", "Baú", "Amado", "O Tal Casal", "As Palavras" e, mais recentemente, "Segue o Som", nome do seu mais recente trabalho e também do show que ela traz para Cuiabá.

Uma mulher de muitos talentos, Vanessa da Mata lançou, em 2013, seu primeiro livro, A Filha das Flores, com edições no Brasil, Portugal, Alemanha e México.