Agronotícias

Venda de milho mato-grossense no exterior cai 42% e é a maior em 5 anos

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou, ontem, que as exportações de milho do Estado para diversos países, em setembro, foram de 1,89 milhão de toneladas,volume que ficou 42,95% abaixo ao do mês
passado e 50,84% inferior ao do mesmo período da safra 2019/20. Esse menor volume é resultado da quebra de safra que impactou diretamente a produção no país e no Estado.

“Para se ter uma ideia, Mato Grosso exportou em setembro o menor volume de milho desde 2016 quando comparado ao mesmo período. Portanto, é válido ressaltar que as exportações nos próximos meses podem continuar seguindo em tendência de queda, devido a menor oferta, uma  vez que restam menos de 12,00% da produção para serem negociados, e a demanda segue aquecida no mercado interno neste ano safra”, analisa o IMEA, no boletim semanal do milho.

No Brasil, mês passado, as exportações de milho ficaram em 2,89 milhões de toneladas, que é 34,17% inferior ao que foi escoado em agosto e 55,21% abaixo do mesmo período da safra passada, de acordo com dados da secretaria de Comércio Exterior.

 

 

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)