Agronotícias

Sojicultores de Mato Grosso aproveitam preço médio acima de R$ 71/saca e vendem 94% da safra

A valorização nas cotações da soja durante o mês de agosto impulsionou a comercialização em Mato Grosso. Os sojicultores que estavam segurando seu produto aproveitaram o momento oportuno para realizar negócios. “Até o mês de agosto, 94,93% da produção da safra 2018/19 já está negociada, um incremento mensal de 7,88 pontos percentuais, algo incomum para a reta final da comercialização da safra”, analisa o IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária – no boletim semanal divulgado ontem`à tarde.

“No que diz respeito a safra 2019/20, foi registrado avanço mensal de 5,70 pontos percentuais atingindo 31% da produção negociada. A valorização na moeda norte-americana, atrelada aos bons patamares dos prêmios nos portos brasileiros, alavancou os preços. Sendo assim, os volumes negociados durante o mês de agosto registraram preço médio de R$ 71,27/saca para a safra 2018/19 e R$ 68,53/saca para a safra 19/20, alta de 9,36% e 5,80%, respectivamente, esse foram os maiores preços registrados desde o início das negociações”.

Em setembro a cotação aumentou em Mato Grosso em relação aos preços praticados em agosto. “Na última semana o preço médio do grão em Mato Grosso fechou cotado a R$ 72,23/saca, leve retração semanal de 0,51%. A queda na moeda norte-americana e nos prêmios portuários afetou as cotações”.

Só Notícias/Agronotícias (foto: arquivo/assessoria)