Agronotícias

Produtores de Mato Grosso avançam na venda da safra de soja e preço melhora 1,5%

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária divulgou, há pouco, o boletim semanal da soja e informa que, influenciado pelo avanço na colheita de soja nos Estados Unidos, o preço disponível para a soja na CME-Group apresentou queda de 2,08% no comparativo semanal.

O preço da soja disponível em Mato Grosso fechou a última semana cotado a R$ 157,81, devido a queda no mercado internacional, registrando decréscimo de 2,93%. A diferença de base Mato Grosso-CME apresentou redução,
estimada na média de R$ 7,29/saca.

Considerando a cautela adotada pelos players no último mês devido, sobretudo, a queda nas cotações em Chicago e no dólar, a comercialização de soja apontou avanço mais tímido em Mato Grosso. Para a safra 20/21, o avanço nas
vendas do mês passado foi de 1,44 ponto percentual totalizando 96,26% da produção estimada para o atual ciclo. No que se refere ao preço médio das negociações, houve alta de 1,57%, uma vez que os produtores aproveitaram oportunidades pontuais de negócios.

Em relação à safra 2021/22, o ciclo conta com 40,40% da sua produção negociada, um avanço de 0,90 ponto percentual. Já o preço médio comercializado exibiu elevação de 1,21% no comparativo mensal, cotado a R$ 145,39/saca. Para a safra 2022/23, o avanço mensal foi de 1,31 ponto percentual e, com isso, o ciclo futuro já apresenta 2,55% da produção
negociada, com os produtores comercializando volumes pontuais a fim de travar seus custos de produção para a safra futura, conclui o IMEA.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)