Agronotícias

Preços dos três elos da cadeia de corte da pecuária em Mato Grosso aumentam

Os preços dos três elos da cadeia de corte em Mato Grosso subiram em setembro. Para o mercado varejista, no comparativo mensal, a alta na média das cotações foi de 0,42%, enquanto que para o atacadista foi de 1,74%, representada pela média da carcaça casada do boi. A análise foi divulgada, esta tarde, pelo IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária-.

“Porém, este cenário esteve mais atrelado à alta nas cotações dentro da porteira e ao repasse da indústria para o varejo -uma vez que desde fevereiro deste ano o equivalente físico tem ficado cerca de 1,4% menor do que a arroba do boi gordo -, do que à retomada do consumo doméstico. Somado a isso, o bom ritmo das exportações tem segurado esta conjuntura, que, inclusive, em setembro aumentaram 7,81% em relação a agosto passado, totalizando 35,76 mil toneladas (Equivalente Carcaça) segundo os dados mais recentes divulgados pelo Mdic (Ministério da Indústria e Comércio Exterior)”.

“Assim, apesar da demanda interna estar praticamente estagnada, mais uma vez os envios internacionais e a baixa oferta de animais trouxeram melhores resultados para o setor’, conclui o instituto, no boletim semanal da pecuária.

“Com a demanda mais aquecida na primeira semana de outubro e o varejo puxando os preços do restante da cadeia, a média semanal da arroba do boi gordo fechou em R$ 142,47/@, registrando aumento de 0,14% ante a semana passada”.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)