Agronotícias

Preço do leite cai em Mato Grosso e valor pago ao produtor melhora

2544

A produção de leite em Mato Grosso, ano passado, apresentou leve declínio, de 1,12% ante 2017, constatou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O preço pago ao produtor tenha sido melhor este ano, influenciado pelo aumento das cotações dos principais grãos utilizados na dieta dos animais (milho e farelo de soja), prejudicando a relação de troca do produtor e, consequentemente, o desempenho do animal.

“Para se ter uma ideia, em valores reais, o preço do milho foi 14,92% superior em relação a 2017. No entanto, para 2019 as perspectivas são favoráveis: se as condições climáticas contribuírem, a oferta de grãos em Mato Grosso tende a ser satisfatória, o que pode pressionar os preços no mercado doméstico.Nesse sentido, vale a pena o produtor ficar atento ao melhor momento de compra destes insumos -que geralmente são mais atrativos no 2º semestre ou então utilizar formas alternativas de nutrição a fim de mitigar seus custos”, aponta o IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, no boletim semanal do leite.

Só Notícias (foto: arquivo/Irene Medeiros)