Agronotícias

Milho safrinha: produção deve crescer 47,2% em 2017

A área de plantio de milho segunda safra, mais conhecido como safrinha, deve totalizar 11 milhões de hectares e a produção pode chegar a 59,9 milhões de toneladas, podendo resultar, em 2017, em um aumento de 5,1% e 47,2%, respectivamente, na comparação com o ano passado. “Os números foram calculados tomando por base a tendência de produtividade e a previsão da área a ser plantada e, caso se confirmem, a segunda safra será recorde”, salienta o engenheiro agrônomo Adriano Gomes Bueno, analista da AgRural.

De acordo com ele, Paraná vai ampliar a área de milho segunda safra, especialmente nas regiões de norte e oeste do Estado, ocupando o espaço do trigo. Ainda na primeira quinzena de janeiro, Mato Grosso deverá abrir a temporada 2017 de plantio, referente à segunda safra de milho no Centro-Sul, que também abrange os Estados de Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. O cultivo nestas regiões se estenderá até março e responde pela maior parte da colheita total do grão (primeira e segunda safra) no país.

O calendário da safrinha no Norte e no Nordeste é diferenciado: Tocantins e Rondônia, por exemplo, começarão o plantio em fevereiro; Maranhão e Piauí, em março; Alagoas, nordeste da Bahia e Sergipe, no mês de abril deste ano.

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a segunda safra de milho passou a se destacar a partir da safra 2011/12, superando, pela primeira vez, a produção do milho primeira safra e aumentando os volumes. De lá para cá, vem crescendo a cada ciclo.

As informações foram publicadas pela assessoria da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA). 

Fonte: Só Notícias/Agronotícias