Agronotícias

Extrativistas de borracha natural no Nortão e Noroeste recebem R$ 154 mil

As subvenções pagas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) aos extrativistas de borracha natural (cernambi) em Mato Grosso, ultrapassaram R$ 154 mil ano passado. Com esse recurso foram subvencionadas, por meio da Política de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), aproximadamente 49 toneladas do produto. A operação garantiu preço mínimo a 49 extrativistas dos municípios de Novo Horizonte do Norte, Juara, Porto dos Gaúchos (no Nortão) e Aripuanã (Noroeste).

A Conab também atuou no fortalecimento da agricultura familiar a partir do apoio à comercialização da produção concedido em 2020 pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Ao todo, os projetos contratados irão receber 5,5 milhões pelo fornecimento de mais de 2 mil toneladas de alimentos à rede socioassistencial local. Os recursos beneficiam 958 famílias de agricultores vinculados à cooperativas e associações de agricultura familiar.

As propostas serão executadas ao longo deste ano e os alimentos produzidos por eles como abacaxi, abóbora, abobrinha, banana maçã, batata doce, mamão formosa, melancia, milho verde, raiz de mandioca e tangerina ponkan entre outros, serão destinados a organizações da rede socioassistencial de 28 municípios mato-grossenses. A expectativa é de que mais de 100 mil pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional sejam amparadas pela medida, informa a assessoria.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)