Agronotícias

Custo para recria e engorda de gado em Mato Grosso sobe 35% no trimestre

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) constatou que o custo de produção da pecuária de corte no Estado, no 1º trimestre, aumentou. Dos três sistemas de produção, a cria foi a que apresentou o menor incremento no seu custo operacional, 5,27%, seguido do sistema de ciclo completo 9,11% e, com o maior destaque nos custos o sistema de recria-engorda 35,89%.

“Parte do cenário da recria-engorda foi justificada pela suplementação, que nesse mesmo comparativo trimestral, aumentou 138,69%. Inclusive, é importante destacar que a aquisição de animais também apresentou um incremento de 14,74%,pautado na crescente valorização do preço do bezerro”, acrescenta o instituto.

Além disso, no ciclo completo, o custo com aquisição de animais aumentou 32,66%, impulsionando o custo operacional. Por fim, é importante destacar que, apesar da arroba ter aumentado, o custo deu um salto significativo neste trimestre o que pode comprometer as margens dos pecuaristas neste ano.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)