Agronotícias

Custo da produção de milho em Mato Grosso aumentou 11% nesta safra

O IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária divulgou, ontem, o novo relatório do custo de produção referente a estimativa de agosto para o milho de alta tecnologia em Mato Grosso para a safra 19/20 que teve aumento de 11,84% em relação à safra 2018/19, ficando em R$ 2.699,59 por hectare, na média, no Estado.

O aumento se deve à valorização da moeda norte-americana, que, “consequentemente refletiu sobre o preço dos insumos, como os defensivos agrícolas que aumentaram 17,84% em relação ao ano passado. Vale ressaltar que, apesar da queda nos preços do cereal e da elevação do dólar, houve avanço nas negociações dos insumos para a próxima safra, restando menos da metade dos produtos a serem adquiridos. Dessa forma, com o incremento nas despesas do cereal, o produtor mato-grossense precisa estar atento ao comportamento do câmbio no mercado para travar os custos a um preço melhor e reduzir seus gastos dentro da porteira”, analisam os economistas do instituto, no boletim semanal divulgado ontem.

O indicador para o preço de milho mato-grossense ficou cotado a R$ 23,27/saca, na semana passada, com leve desvalorização de 0,03%, em decorrência da maior oferta de milho disponível no mercado.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)