domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Confinamento de gado em Mato Grosso sobe 30%, aponta levantamento

PUBLICIDADE
Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)

O IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária) fez, mês passado, o primeiro levantamento das intenções de confinamento no Estado e o resultado, divulgado ontem, aponta que a perspectiva de 74,1% dos confinadores é realizar atividade ao longo do ano o que representa 724,90 mil cabeças. Esse patamar é 30,57% superior ao consolidado de 2023.

Segundo os técnicos do instituto, essa alta se deve à redução nos custos da diária confinada, que fechou em R$ 12,21/cabeça/dia (operacional + alimentar), menor custo nos últimos três anos nos levantamentos realizados em abril. Essa queda foi influenciada, principalmente, pela maior desvalorização nos preços do milho em relação ao boi gordo, fortalecendo a relação de troca do pecuarista.

Outro item que se tornou atrativo para os confinadores foi a retração do custo na aquisição de animais, uma vez que o ágio da arroba do boi magro sobre a do boi gordo ficou em 7,60%, menor valor nos últimos dez anos para o período. No entanto, a baixa lucratividade e o preço do boi gordo ainda são as principais preocupações entre os pecuaristas entrevistados.

Receba em seu WhatsApp informações publicadas em Só Notícias. Clique aqui.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Exportações de carne de Mato Grosso ficam acima da média; China reduz compra em 21%

Os frigoríficos de Mato Grosso venderam 68,31 mil Toneladas...

Custo de produção da soja em Mato Grosso tem queda de 1,6%

O custeio da temporada exibiu recuo de 1,67% em...

Mato Grosso tem maior volume de carne vermelha produzida nos últimos anos

O Estado produziu 457,11 mil toneladas de carne bovina...
PUBLICIDADE