Agronotícias

Com replantio em áreas de soja 1ª safra de milho terá área 15% maior em Mato Grosso, diz Conab

Mato Grosso encerrou, no último mês, o plantio da primeira safra de milho e houve aumento de 15% na área destinada ao cultivo. A informação consta no 4º boletim de safra divulgado, na semana passada, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que monitora mensalmente a produção de grãos no Brasil.

Segundo a autarquia, o incremento de área em Mato Grosso se deve à ocorrência de replantio sobre áreas de soja, principalmente na região Médio-Norte, “ação necessária devido à falta de chuvas”. A Conab estima que o Estado destinou ao cultivo da safra 2020/21 aproximadamente 47 mil hectares.

“Anteriormente, a oferta do cereal era limitada à produção de volumoso para silagem. Todavia, com a entressafra de milho segunda safra e os preços elevados do grão, parte da produção pode ser destinada às usinas de etanol de milho. A esse respeito, já há variedades de sementes específicas para a moagem industrial e melhor obtenção do biocombustível”, explicou a Conab, ao detalhar o aumento.

Com uma área maior, a previsão é que Mato Grosso produza, neste primeiro ciclo, 399 mil toneladas de milho, 15,5% a mais que na safra anterior. Já a produtividade média estimada pela Conab deve permanecer, sem variação, em 8,3 mil quilos por hectare.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/arquivo)