Agronotícias

Chuvas antecipam germinação de pastagens em Mato Grosso e pecuaristas priorizam manejo

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) apontou, no boletim da pecuária do Estado, desta semana, que o volume de chuvas poderá fazer com que as germinações das pastagens comecem a surgir com antecedência, o que pode acarretar uma melhor nutrição para os animais no curto prazos. “O período das águas em Mato Grosso iniciou antecipadamente e, com isso, os produtores estão focados em realizar um melhor manejo das pastagens”, menciona o instituto.

Segundo os dados do Tempo Campo, a previsão das precipitações para os próximos trinta dias (até 16 de novembro) estão mais favoráveis em relação ao ano passado. As regiões Noroeste, Norte, Nordeste e parte da Médio-Norte e Sudeste indicam um acúmulo de chuvas de  300 a 500 milímetros para o período.

Por outro lado, para as regiões Centro-Sul e Oeste (e parte da Médio-Norte e Sudeste) é esperado um volume mais baixo, com mínima de 100 milímetros e máxima de 150, mas ainda assim apontam umidade  satisfatória em grande parte dos municípios.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)