Agronotícias

Casa do Mel de Sinop deve receber selo de inspeção para ampliar produção e venda

O Centro de Múltiplo Uso em Apicultura  – a Casa do Mel – passará a processar até 200 toneladas de mel por ano. A Cooperativa Agropecuária Mista de Produtores Rurais de Sinop (Coopernop), que faz a gestão administrativa da casa está providenciando as últimas adequações para colocar o entreposto em funcionamento e o centro vai receber o selo do Serviço de Inspeção Sanitária de Produtos de Origem Animal e poderá comercializar os produtos para todo o Estado. Todos os equipamentos já foram adquiridos com recursos oriundos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

O técnico agrícola da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Beno Kaiser (ex-secretário municipal de Agricultura) informou que o entreposto do mel vai possibilitar a ampliação da produção. Hoje estão cadastradas mais de 60 famílias que trabalham com essa atividade, comercializando mel e pólen. “O serviço de inspeção vai certificar a produção, ou seja, os apicultores poderão vender seus produtos para o comércio local e dentro do Estado. Atualmente, a comercialização ocorre de maneira informal e limitada. Quando entrar em funcionamento, a Casa do Mel vai, além de ampliar a base produtiva dos apicultores existentes, atrairá para o segmento novos produtores rurais”, explicou.

Foram feitas as atualizações documentais da cooperativa e ajustes na infraestrutura para atender as solicitações do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (INDEA) e receber o selo. Ainda não foi previsto quando deve ser emitido.

A assessoria da prefeitura informa também que a Casa do Mel é composta pelas áreas de recepção, processamento, estoque e expedição de mel e pólen.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)