Agronotícias

Área plantada em Mato Grosso cresce 6,1% aponta Conab; Estado é líder de produção

A área destinada à produção agrícola em Mato Grosso deve crescer na safra 2019/20. A estimativa consta no 8º levantamento de safra divulgado, na última semana, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).  A previsão do órgão é que o Estado destine 17,1 mil hectares para as lavouras, cerca de 6% a mais que os 16,1 mil hectares destinados na safra anterior (2018/2019).

No levantamento da Conab, no qual estão contabilizadas as produções de caroço de algodão, amendoim (1ª e 2ª safras), arroz, aveia, canola, centeio, cevada, feijão (1ª, 2ª e 3ª safras), girassol, mamona, milho (1ª, 2ª e 3ª safras), soja, sorgo, trigo e triticale, também é previsto aumento de produtividade média em Mato Grosso, passando de 4,1 mil quilos por hectares para 4,2 mil quilos por hectare. Se a previsão se concretizar, será um aumento de 2,5%.

A Companhia também mantém Mato Grosso no topo da produção agrícola nacional. Além disso, conforme Só Notícias/Agronotícias já informou, o Estado se distanciou do Paraná, segundo colocado. A produção mato-grossense prevista de 73,4 milhões de toneladas supera em 32,9 milhões de toneladas a paranaense.

A Conab também estima que Mato Grosso produzirá 2,6 milhões de toneladas a mais em relação à safra passada, quando a diferença ficou em 30,3 milhões, embora o percentual de aumento da atual safra paranaense em relação à anterior tenha sido superior à mato-grossense. Enquanto a produção de Mato Grosso cresceu 8,8% (67,49 milhões para 73,4 milhões de toneladas), a do Paraná aumentou em 11,7% (36,2 milhões para 40,5 milhões).

A produção mato-grossense representa 29% do total nacional previsto, de 250,9 milhões de toneladas, e 60% da regional (Centro-Oeste), de 120,7 milhões de toneladas. O vizinho Goiás se tornou o terceiro do ranking, ultrapassando Rio Grande do Sul, cuja safra teve uma queda de 27% em relação à anterior.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: Só Notícias/arquivo)