Agronotícias

Agropecuária em Mato Grosso gera 2,7 mil vagas a mais em 2016, segundo Caged

|2485|

Apesar de adversidades climáticas e quebra nas produções de milho e soja, o setor agropecuário encerrou 2016 com saldo positivo na geração de empregos (considerados apenas aqueles com carteiras assinadas). É o que aponta o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado na última semana pelo Ministério do Trabalho.

Segundo o relatório, o setor contratou 78,4 mil funcionários e demitiu 75,7 mil, encerrando o ano com 2,7 mil vagas a mais. Apesar do resultado positivo no balanço anual, os números de dezembro não foram animados. Isso porque o setor demitiu 6.116 funcionários e empregou, em contrapartida, 4.253, fechando o último mês com 1.863 postos de trabalho a menos.

No total, conforme Só Notícias/Agronotícias já informou, Mato Grosso encerrou o ano em saldo negativo. O Estado perdeu 17,9 mil empregos formais, saldo de 350,9 mil contratações e 368,9 mil demissões. 

Fonte: Só Notícias/Agronotícias/Herbert de Souza (foto: Gabriel Rezende/Embrapa/arquivo)