Agronotícias

Abate de gado em Mato Grosso cresce 7,45%

O Indea Mato Grosso divulgou, semana passada, os dados de abate dos bovinos mato-grossenses. Durante o mês de julho, foram enviados para a linha de abate 499,78 mil animais, crescimento de 7,45% em relação a junho deste ano, e também o maior volume abatido em um mês desde fevereiro de 2014.
O IMEA – Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária- analisou o balanço e apontou que, “aos poucos, os machos vão “ganhando corpo” na escala dos frigoríficos, visto que o aumento registrado nesta categoria foi de 23,08%, enquanto as fêmeas reduziram o seu total abatido em 8,30% no comparativo mensal. Esse movimento é justificado pela sazonalidade anual da pecuária, pois a partir de julho o descarte de fêmeas em idade reprodutiva começa a diminuir, enquanto que os machos suplementados ou confinados começam a ter maior volume nas entregas dos pecuaristas. Ainda assim, destaca-se que a quantidade de animais abatidos entre janeiro julho deste ano é o maior dos últimos quatro anos, fator que tem pressionado as cotações do boi gordo”.
Semana passada, de acordo com o instituto, a arroba do boi gordo teve variação positiva de 0,37% em Mato Grosso fechando cotada a R$ 128,81.
Só Notícias