Ponto Final

Negando propina

O empresário José Kobori, ex-diretor da EIG Mercados, negou ter pago propina para os irmãos Pedro Zamar Taques e Paulo Taques, ex-secretário de Casa Civil de Mato Grosso. A Informação consta em depoimento prestado ao Ministério Público de Mato Grosso, na última sexta-feira, na Operação Bônus (2ª fase da Operação Bereré), que investiga fraudes em contratos milionários do Departamento Estadual de Trânsito com supostos pagamentos de propinas para alguns deputados estaduais e outros servidores. “O interrogando [José Kobori] já prestou os esclarecimentos a respeito desses fatos, reforçando que jamais houve qualquer pagamento de vantagens indevidas a pedido de Pedro Zamar Taques ou Paulo Taques”, afirma trecho do depoimento. Os promotores continuam investigando se Kobori tá falando a verdade.