Ponto Final

Cheque para deputado

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), declinou de competência num inquérito contra o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) no procedimento investiga esquema de corrupção envolvendo gráficas em Mato Grosso. O caso não se enquadra nos requisitos estabelecidos para a fixação da competência do Supremo para processamento e julgamento de parlamentares. O Ministério Público Estadual (MPE) apontou que o deputado recebeu um cheque de R$ 35 mil proveniente de uma Gráfica e Editora, por meio da conta bancária de sua cunhada, em outubro de 2012. Rosilene também é investigada.