Ponto Final

Bateu-levou

O governador Pedro Taques (PSDB) disse, após o DEM definir a pré-candidatura de Mauro Mendes ao governo, que não pretende ficar calado de agora em diante quanto aos ataques de pré-candidatos ao governo. Mauro, que foi seu aliado, é um dos que tem criticado o governo. Taques anunciou que vai ser no "bateu-levou", ao explicar que rebaterá aos ataques. Quando a decisão do DEM de lançar Mauro ao governo, ele disse que acha "ótimo, pois eu estou cansado de apanhar sozinho, já que agora existe candidato, pode começar a apanhar junto comigo". "Até agora só eu fui chamado de incompetente, fracassado na administração, e outros predicativos", afirmou.